Aliar

Artigos

Ser mais produtivo: o dilema da atualidade
*Por Daiane Catuzzo

Atualmente, o surgimento de novas metodologias, aplicativos e outras ferramentas para gerir o tempo tem sido constante e, muitas vezes, até confunde os usuários. Se você fizer uma busca rápida pelo Google sobre “gestão do tempo”, encontrará uma infinidade de artigos, dicas, entrevistas com CEOs falando sobre o tema... Sem falar nas buscas por aplicativos: a quantidade é enorme.

Quando você começa a olhar entrevistas de pessoas que possuem muitas atividades e responsabilidades, se depara com diferentes formas de organizar a rotina, embora com algumas semelhanças. Isso ocorre, pois cada um possui o próprio método de organização. Como diz Christian Barbosa, “gestão do tempo não é mágica, é uma ciência que estuda um meio sistemático de melhorar sua performance”.

Ora, se a gestão do tempo é sistemática e sabemos que as pessoas são diferentes, então podemos dizer que cada um precisa escolher uma forma de trabalho pessoal, com métodos e procedimentos próprios.

É claro que existem técnicas, dicas que podem auxiliar você a melhorar a produtividade. Um dos primeiros passos para a melhoria é conhecer o estilo, afinal ele lhe dirá a melhor forma de você registrar as atividades, já que se dependermos de nossa memória, em muitos casos ela poderá nos “trair”, ou seja, corremos o risco de esquecer.

De acordo com Christian Barbosa, os estilos podem ser: sensorial – pessoas que precisam do contato físico, ou seja, utilizam muito o papel. Para elas, os meios eletrônicos não são a melhor opção; high-tech – estão sempre antenadas com os novos lançamentos tecnológicos, utilizam softwares de gestão do tempo é a melhor maneira de gerir a produtividade; Misto – utilizam bem os dois estilos (sensorial e high-tech), o grande desafio é distribuir as tarefas de forma organizada, fazendo com que tanto o software quanto a agenda estejam sincronizados.

Definido o seu estilo, é preciso ter cuidado com outro tomador de tempo, a procrastinação que, para John Caunt “é o maior problema de gerenciamento de tempo para a maioria de nós”. Com isso, as desculpas estão sempre presentes, algumas clássicas: não tenho todas as informações de que preciso, não tenho tempo para fazer isso direito agora, existem outros prazos mais urgentes, entre outras tantas que existem. Afinal, quem nunca procrastinou na vida?

Mas há solução, o mais importante é você tomar consciência de que é importante gerir melhor o tempo. Para isso, você precisará estudar métodos, ler artigos, conhecer ferramentas, para aí sim, optar por uma forma que mais se enquadra ao seu estilo. Após a escolha, a palavra é persistência. Fazer com que esta nova forma de organização torne-se parte integrante da rotina. Afinal, mais do que nunca, como dizia Cazuza: “O tempo não para, não para não”.

Fontes:
Abrantes, Talita. Um guia de gestão do tempo para tirar planos do papel. Disponível em http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/um-guia-de-gestao-do-tempo-para-tirar-planos-do-papel
Barbosa, Christian. 60 Estratégias práticas para ganhar mais tempo. Rio de Janeiro, Ed. Sextante, 2013.
Caunt, John. Organize-se. São Paul, ed. Clio, 2006
Fonte: * Daiane Catuzzo é Diretora da Aliar Integração de Negócios e Educação Empresarial

Av. Rio Branco, 1400 - Sala 54
CEP: 95096-000
Caxias do Sul-RS
+55 (54) 3021.1148
+55 (54) 3021.6044
Eventos
Central de palestrantes
Newsletter
Cadastre-se e receba nossas novidades: